Quando os pais pensam na melhor forma de o seu filho aprender um novo idioma, na maioria das vezes, surge a dúvida da escolha entre escola de inglês e aula particular. Esses dois modelos têm as suas particularidades, sendo necessário colocá-las na balança para escolher a opção mais adequada ao perfil do estudante.

Esse processo envolve questões como a adaptação às necessidades da criança ou do adolescente, ritmo de aprendizado, expectativas em relação à língua e disponibilidade financeira. Por isso, é importante conhecer bem o que cada alternativa tem para oferecer.

Quer sair desse impasse? Confira abaixo quais são as vantagens da escola de inglês e da aula particular e saiba o que analisar para tomar a melhor decisão!

Vantagens da escola de inglês

A primeira e uma das mais importantes vantagens da escola em relação ao aprendizado individual é a estrutura que a instituição pode oferecer ao aluno. Afinal, o seu filho poderá ter acesso a um espaço físico moderno, com recursos tecnológicos de apoio, além de livros e conteúdos padronizados, que foram testados e aprovados como eficientes.

Por outro lado, quando se aprende em uma aula privada, o professor costuma trabalhar com material próprio, o que limita a distribuição de conteúdos de suporte para o processo de aprendizagem.

Ao matricular o seu pequeno na escola de idiomas, ele terá o compromisso de comparecer à aula de duas a três vezes por semana, fazendo disso parte da sua rotina. Esse fator é essencial para que a nova língua seja integrada aos afazeres cotidianos e haja mais comprometimento em aprender. No ensino particular, as aulas são agendadas conforme a disponibilidade do aluno e do professor — ponto que abre brechas para cancelamentos, desencontro de horários e, até mesmo, falta de motivação.

Na sala de aula, os estudantes podem praticar inglês entre si, com pessoas que estão no mesmo nível de conhecimento. Quando se opta por aprender sozinho, por sua vez, o aluno só tem a figura do professor para treinar o que aprende.

Vantagens da aula particular

A alternativa da aula individual permite que o seu filho receba acompanhamento exclusivo, com o educador disponível para tirar todas as dúvidas dele e o ajude a melhorar as suas habilidades de escrita, fala e compreensão. Assim, funciona de forma diferente da escola, em que o professor divide a sua atenção com os demais colegas de turma.

Se na instituição de ensino de inglês o aluno tem que se enquadrar nos horários estipulados, na aula privada é possível contar com horários flexíveis, permitindo o estudo de acordo com a sua disponibilidade. Sem falar na comodidade, uma vez que ele poderá aprender dentro de casa, economizando o tempo e dinheiro que seriam gastos com o deslocamento até a aula.

O que considerar para fazer a sua escolha

A sua decisão deve ser bem embasada. Afinal, estamos falando da aprendizagem do seu filho e a escolha certa faz toda a diferença para ajudá-lo a dominar o idioma desde pequeno. Nesse contexto, os aspectos a serem analisados são:

Flexibilidade de horários

A possibilidade de decidir quando é o melhor dia e horário para se dedicar aos estudos é um dos principais motivos de escolha pela aula particular. Porém, essa opção é mais indicada para alunos que têm um comprometimento natural para aprender e cujos pais não tenham disponibilidade para levar e buscar de um lugar para outro durante o dia.

Mas, se estamos falando de crianças que necessitam de uma rotina mais ajustada para se comprometerem com os estudos, ter que ir até a escola para estudar é mais interessante para mantê-las envolvidas com o aprendizado.

Duração

Para quem tem a intenção de viajar com os filhos para o exterior, as aulas privadas são boas aliadas, visto que é possível fazer intensivos para aprender inglês em um curto período de tempo. Quando a pressa não é uma questão, o melhor é optar pelas aulas em turma, com programas prolongados e mais aprofundados.

Objetivos

A aula particular pode ser moldada de acordo com os objetivos do estudante. Contudo, esse modelo se aplica melhor ao universo adulto, no qual as pessoas podem focar na aprendizagem para trabalho, mercado financeiro, viagem ou intercâmbio, por exemplo.

Nesse sentido, estudar inglês na escola permite que o aluno tenha contato com um conteúdo mais amplo e bastante diversificado. Por isso, ele pode construir um repertório maior a respeito da língua inglesa, considerando que há oportunidades de aprimorar as habilidades em diferentes situações e níveis mais acentuados. Dessa forma, o estudante consegue aplicar os seus conhecimentos nas mais distintas ocasiões.

Interação

A interação é um elemento imprescindível para que o aprendiz de inglês consiga praticar o idioma e, consequentemente, tenha a oportunidade de aperfeiçoar a sua compreensão, escrita e pronúncia.

Diante disso, o modelo tradicional, em que o aluno tem a companhia de colegas na sala de aula, tem como benefício proporcionar uma interação bem maior que a que é oferecida na modalidade particular. Nesse último caso, a interação fica restrita ao professor.

Além de esclarecer todas as dúvidas com o professor e demais estudantes, o seu filho também pode participar de dramatizações de diálogos em inglês, jogos dinâmicos, que o estimulam a colocar em prática os conteúdos aprendidos e a trocar experiências, aprendendo com erros e acertos, tanto com os próprios quanto com os dos colegas.

Custo-benefício

A atenção exclusiva proporcionada pela aula particular é uma vantagem, mas pode custar caro para o bolso dos pais. Normalmente, essa modalidade de ensino costuma ter um valor mais alto que o das aulas tradicionais em sala.

Com as aulas em grupo, os custos do professor são diluídos nas mensalidades de todos os alunos da turma. Dessa maneira, o valor fica mais barato e acessível para os estudantes, sendo uma boa opção para pais que querem investir no ensino dos filhos, mas sem extrapolar no orçamento.

Como você pode perceber, ambas as opções de estudo possuem vantagens e desvantagens. Logo, a sua escolha deve ser pautada naquela que mais atende às necessidades da criança. Mas, independentemente de optar pela escola de inglês ou aula particular, é fundamental contratar profissionais de qualidade e que sejam conceituados no mercado.

Quer saber mais sobre os benefícios de aprender inglês na escola? Entre em contato com o ICBEU e descubra como podemos ajudar você!