Powered by Rock Convert

Cada vez mais as palavras e expressões em inglês estão presentes em nosso dia a dia e, além disso, sabe-se o quão fundamental dominar outro idioma para o futuro profissional e acadêmico. Mas qual a melhor idade para aprender inglês?

Muito se questiona se é interessante que a criança desenvolva habilidades em idiomas estrangeiros quando ainda está estudando sua língua nativa, pois há uma ideia de que os dois aprendizados poderiam se conflitar. Até onde isso é possível?

O post a seguir trará tudo que você precisa saber sobre a melhor idade para que a criança aprenda o inglês e como lidar com isso paralelamente ao desenvolvimento da língua materna. Continue a leitura e confira tudo!

A melhor idade para aprender inglês

Desde cedo as crianças estão expostas às palavras em inglês, do modo mais variado possível e em quase tudo que ela tiver contato. É normal, pois as tendências de globalização fazem com que essa seja nossa realidade.

Não há um consenso sobre uma idade precisa e definida para que as crianças comecem a aprender o inglês. Entende-se que, quanto mais cedo, melhor. A criança é, sim, capaz de dominar dois idiomas em paralelo sem maiores problemas.

Introdução natural e interativa do idioma

O principal ponto de discussão sobre o aprendizado do inglês pelas crianças é o modo como ele deve ser feito. Como consequentemente elas estão desenvolvendo o idioma nativo, o estrangeiro deve ser apresentado de forma natural e lúdica, para que a associação com essa língua seja tranquila e agradável.

As práticas do inglês são as grandes chaves para que tudo funcione bem para a criança, em nível de aprendizado. O estímulo para que esse processo seja divertido é muito importante, partindo do princípio de que o novo idioma deve despertar curiosidade nos pequenos.

Quanto mais natural esse contato for feito no aprendizado, mais fácil será e, consequentemente, mais divertido e interessante para a criança. Também é função dos pais introduzir esse idioma estrangeiro nas suas interações diárias com as crianças.

O aprendizado leva muito da questão emocional, então entende-se que para a criança é importante e interessante ver pais ou pessoas próximas desenvolvendo e introduzindo o inglês no dia a dia, em paralelo ao conhecimento apresentado pelas escolas de idiomas.

Deve-se sempre ter a consciência de que o aprendizado de língua estrangeira não interfere negativamente no desenvolvimento do idioma nativo.

O aprendizado de acordo com a faixa etária

Em cada período da vida as crianças desenvolvem diferentes habilidades e capacidades relacionadas ao aprendizado, principalmente. É fundamental utilizar essas faculdades para o inglês.

Esse ensino personalizado e direcionado possibilita uma absorção mais efetiva e objetiva do idioma, fazendo com que a criança desenvolva ao máximo sua capacidade de aprender e colocar em prática o conteúdo.

A metodologia de ensino varia para cada faixa etária, e isso é o que determinará o sucesso ao aprender o inglês. Saiba como o idioma deve ser ensinado em cada época da vida da criança.

Até 3 anos

Nesse período, os livros são praticamente nulos às crianças. Essa é a fase em que a atividade deve ser mais lúdica e natural possível, pois elas não têm ideia de que estão aprendendo um novo idioma e ainda desenvolvem outras habilidades fundamentais.

A língua deve ser introduzida por meio de atividades bem simples e divertidas, como joguinhos. Para que isso seja feito de modo mais natural possível, é interessante que esses exercícios desenvolvam, em paralelo, habilidades motoras, por exemplo.

Dos 4 aos 6

Os livros surgem como material de apoio nessa faixa etária, porém, a maioria das crianças ainda não sabe ler e escrever. Nessa idade elas têm boa capacidade de identificar elementos similares.

Sendo assim, os exercícios de associação são muito comuns, geralmente acompanhados de atividades nas quais os alunos precisam pintar e marcar. Essas devem ser as maneiras de aprendizado, pois são as eficientes na faixa etária.

A partir dos 7

Nessa faixa etária o ensino fica mais intensificado pois aqui as crianças já estão praticamente prontas para desenvolver todas as habilidades. A escrita já é possível, assim como a leitura.

Sendo assim, a partir dos 7 anos, todos os métodos possíveis começam a ser aplicados no processo de aprendizado infantil.

Esse processo de desenvolvimento é feito da forma mais lúdica possível para que a prática ocorra por meio de métodos também tradicionais, sem que a criança perca o interesse pelo novo idioma.

A escolha da escola de idiomas adequada

A escolha do melhor curso de inglês é extremamente importante para o aprendizado. Todos os fatores citados acima precisam ser levados em conta, assim como os métodos de ensino. Tudo isso só é possível se feito de forma adequada.

escola de idiomas precisa estar preparada para oferecer todo suporte que a criança precisa, e isso passa por uma série de fatores, desde os mais simples até os detalhes que garantem o bom aprendizado.

Estrutura adequada

Assim como em qualquer outro tipo de escola, a de idiomas precisa oferecer estrutura de ponta, de modo que nada interfira no processo de aprendizado.

Além de espaço físico de qualidade, as crianças precisam ter a sua disposição equipamentos de qualidade, pois essas serão as ferramentas que ajudarão a instituição a proporcionar altos níveis de aprendizado.

Reconhecimento pela embaixada americana

As embaixadas americanas costumam certificar e reconhecer as escolas de inglês onde há um ensino de ponta e pronto para preparar o aluno para ter acesso à língua americana.

É importante sempre considerar essas escolas na hora de buscar um curso para as crianças. Essa certificação garante o ensino do idioma de qualidade.

Professores qualificados

Os professores são os catalisadores do aprendizado. Eles têm a função de propor os métodos de ensino e os desenvolverem de modo que atendam às necessidades de cada criança.

Ter a certeza de que o aluno estará sob as orientações de um educador bem preparado é sinal de bons níveis de aprendizado. Certificar-se disso é fundamental na hora de escolher a escola de idiomas.

Solidez no mercado

 Com o dinamismo da economia, só se mantém forte no mercado quem oferece serviço de qualidade, e isso se estende também para o setor de escolas de idiomas.

Busque uma instituição de tradição e que esteja há bastante tempo como uma das prestadoras desse tipo de serviço. Essa solidez de mercado sempre estará associada à qualidade de ensino.

Vimos neste conteúdo que a melhor idade para aprender inglês é algo relativo, o importante é que seja cedo e de forma adequada! Gostou do post? Siga-nos em nossas redes sociais para ter acesso a mais conteúdos como este: FacebookInstagramTwitter e YouTube.

Powered by Rock Convert