A escolha de estudar no exterior tem sido cada vez mais recorrente entre os jovens que buscam enriquecer o currículo profissional e ampliar os conhecimentos socioculturais. Entre o destino preferido dos brasileiros está os Estados Unidos, onde é possível encontrar uma grande diversidade de opções de cursos de graduação ou especialização.

Mesmo tendo passado por crises recentes, os EUA ainda é considerado a maior potência do mundo  e não deixará de ocupar esse topo tão cedo. Diante disso, passar um tempo estudando nesse país pode pesar muito no seu currículo, pois estamos falando de uma nação que dita tendências econômicas e sociais para outros países.

Apesar das facilidades disponíveis para quem deseja estudar fora do Brasil, buscar o máximo de informação possível e se preparar para esse momento é essencial para assegurar que os seus estudos sejam um sucesso. Afinal, é necessário se atentar aos detalhes, que vão desde os cuidados com a opção do curso até a comprovação de proficiência em inglês.

Pretende fazer as malas e se tornar um estudante internacional? Confira, abaixo, tudo que você precisa saber para se dar bem lá fora!

Faça um planejamento dos seus estudos

O seu sonho é estudar nos Estados Unidos? Então, se planeje, pois sem isso tudo pode se tornar um pesadelo. Comece pesquisando pelas instituições de ensino que compreendem as suas necessidades. Todo o território americano disponibiliza faculdades, escolas de intercâmbio e cursos de especialização.

Se você quer estudar em uma cidade cosmopolita, uma alternativa são as instituições de New York. Já para quem quer se instalar em um local mais divertido, que respire arte e cultura, Los Angeles está entre as melhores opções.

Verifique a grade do curso para saber se está de acordo com os seus objetivos, as exigências para a sua inscrição e aprovação, duração das aulas, bem como o nível de qualidade e reconhecimento da instituição.

É preciso definir o tempo em que vai ficar lá: se fizer uma graduação, a sua estadia será pautada conforme a formação, mas, no caso de intercâmbio, é possível selecionar cursos que duram meses ou até anos. A partir da definição do período destinado para estudar no exterior, você poderá planejar a sua moradia, tipo de visto que vai precisar e os valores necessários para suprir os seus custos.

O valor médio de um curso de graduação em uma faculdade renomada gira em torno de US$ 60 mil, o que equivale a R$ 190 mil. Mas, se a sua intenção é estudar de graça, fique atento às bolsas oferecidas anualmente por fundações, universidades e agências governamentais. Pesquise as opções disponíveis e leia os editais, para, em seguida, preparar a sua documentação e entregar tudo o que pedem dentro do prazo.

Entenda como fazer a application

A application é o termo designado pelas universidades estrangeiras para nomear a candidatura para uma vaga. Além do seu currículo escolar, o estudante internacional também precisa comprovar que tem domínio do idioma. Esse processo deve ser feito seguindo algumas etapas. Veja:

Siga os deadlines

Os deadlines (prazos para inscrição) devem ser observados e seguidos rigorosamente. É importante ressaltar que o calendário acadêmico no Hemisfério Norte se inicia em setembro, logo, os períodos de matrícula se diferenciam em relação ao Brasil.

Há algumas universidades que oferecem a segunda e a terceira chamada. Assim, quem não pode se inscrever na primeira tem novamente a oportunidade de pleitear uma colocação no curso da sua preferência. Contudo, os prazos das últimas chamadas são menores. Por isso, o mais indicado é garantir a sua matrícula na primeira rodada de vagas.

Faça o teste de inglês

Fazer um teste de proficiência em inglês é uma exigência básica da application para estudar no exterior. Algumas dos exames mais reconhecidos internacionalmente — que você pode fazer e apresentar para a universidade — são o TOEFL, GMAT e IELTS.

Esses testes têm o objetivo de certificar que o candidato a estudante tem um bom domínio do inglês falado e escrito. Geralmente, as instituições mais concorridas exigem uma pontuação mínima bastante alta, por isso, o recomendado é estudar bastante, de preferência desde o semestre anterior à sua candidatura. Os exames podem ser feitos nas escolas de idiomas autorizadas pelas instituições detentoras do certificado.

Elabore a sua redação

Para ser aceito em uma faculdade ou MBA fora no Brasil, você tem que demonstrar qualificação e motivação. Esse processo pode ser realizado de duas formas: por meio de uma redação (eassay) elaborada pelo próprio estudante e uma carta de recomendação assinada por um professor.

O conteúdo da redação deve destacar a personalidade, comprometimento e quais são as habilidades do aluno. Mais do que o histórico acadêmico, também é importante citar experiências com esportes, artes e trabalho voluntário. Vale anexar comprovantes de prêmios de iniciação científica ou profissionais. O seu objetivo é convencer a instituição de que tem todos os requisitos para preencher a vaga.

Preencha os formulários

A última etapa da sua candidatura é a mais burocrática e consiste na entrega de diploma, currículo e demais documentos pessoais. A maioria dos itens tem que ser traduzida para o inglês, e o ideal é providenciá-los o quanto antes e não deixar para entregá-los na última hora.

Com isso, se algo estiver errado, você terá tempo para corrigir sem correr o risco de perder a sua vaga. Sem falar que nem tudo pode ser resolvido online  muitos documentos terão que ser enviados na versão física. Enviá-los com antecedência evita que eles cheguem atrasados no seu país de destino.

As universidades mais concorridas podem solicitar uma entrevista de admissão, que ocorre via presencial ou por Skype, feita por um profissional do escritório de admissões, representante da instituição ou mesmo um ex-aluno. A finalidade é analisar se o perfil do candidato está de acordo com a sua cultura institucional.

A decisão de estudar no exterior com certeza só vai agregar pontos positivos, não só na sua área profissional, mas também na formação pessoal, já que você conviverá de perto com outra cultura. Para que esse momento seja incrível, invista no planejamento de todos os detalhes com antecedência.

Gostou desse post? Então assine a nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos diretamente no seu e-mail!