Além de formarem uma das principais potências econômicas da atualidade, os Estados Unidos também possuem uma das culturas mais ricas do mundo. Essa diversidade cultural é fruto de um processo histórico.

Desde a época da colonização, os EUA oferecem oportunidades para os mais diversos povos de imigrantes prosperarem e integrarem seus costumes à identidade nacional. Esse processo ainda ocorre nos dias de hoje.

Com dimensões continentais, a cultura americana também é bastante diversa. É muito comum você sair de uma cidade, ir para outra e os costumes serem tão diferentes que dão a impressão de estar em outro país. Contudo, ainda existem diversas características comuns a todas as regiões. Confira algumas delas no post de hoje!

Pontualidade

Apesar de os britânicos serem os mais famosos por sua pontualidade, os norte-americanos não devem em nada para os ingleses nesse quesito. Afinal, foi nos Estados Unidos que surgiu a expressão “tempo é dinheiro”!

Por causa da rotina agitada da maioria das cidades, a pontualidade acabou se tornando um dos principais costumes a serem destacados por quem está conhecendo o país.

Por exemplo, um atraso de dez minutos já é considerado desrespeitoso. Diferente do que ocorre em outras partes do mundo, onde é tido como aceitável e até elegante em alguns casos. Caso tenha acontecido algum imprevisto no meio do caminho, o educado seria mandar uma mensagem ou até ligar para dar satisfações.

Alimentação

A rotina também faz com que a alimentação ao longo do dia seja mais rápida. Por exemplo, muitos comem apenas um sanduíche na hora do almoço. Sendo assim, o café da manhã é a principal refeição para a maioria dos norte-americanos.

Por isso, o café nos Estados Unidos é muito mais completo do que no Brasil, onde a principal fonte de nutrição é o almoço. Para começar o dia, o costume é de comer ovos, bacon, panquecas, cereais e pães com manteiga de amendoim.

Os jantares também são mais leves. Geralmente, os americanos preferem sanduíches ou sopas em vez de refeições mais pesadas.

Datas comemorativas

Além dos feriados locais, na cultura americana existem diversas datas comemorativas diferentes e animadas. Entre as principais, está o Dia de Ação de Graças, que acontece em novembro e tem como objetivo agradecer a tudo o que foi conquistado. Outro feriado importante é o Dia da Independência, que ocorre em 4 de julho.

Vale ainda lembrar as datas como o Valentine’s Day, uma espécie de dia dos namorados comemorado nos Estados Unidos e em diversos países europeus. O Memorial Day, a princípio, era para homenagear a memória dos soldados mortos durante a guerra de secessão. Porém, atualmente inclui também todos os americanos mortos em combate.

Esportes

Uma característica muito marcante na cultura americana é a paixão pelas práticas esportivas. Para que se tenha uma ideia, todos os anos, uma das audiências mais altas da TV é o Super Bowl, que é a final da liga de futebol americano.

Recentemente, os brasileiros também têm tomado gosto pela modalidade. Não é difícil ver nas redes sociais pessoas torcendo e falando sobre times que até poucos anos atrás ninguém conhecia.

Além do futebol americano, o fascínio dos estadunidenses se estende para outros esportes, como o basquete, o baseball, o boxe e o hóquei.

A população americana (principalmente os estudantes) recebe incentivos do governo e de companhias privadas para ingressarem em carreiras esportivas. É muito comum, por exemplo, que as universidades renomadas ofereçam bolsas aos melhores jogadores de um colégio.

Literatura

Tendo forte inclinação artística, a cultura americana também deu grandes contribuições para o mundo da arte e da filosofia.

Os Estados Unidos são a terra natal de diversos poetas renomados, como Walt Whitman e Emily Dickinson. Lá também viveram escritores como  Ernest Hemingway e Charles Bukowski, que possuem obras e ideias que até hoje influenciam diversos autores ao redor do mundo.

O país ainda possui uma das maiores produções literárias, que encantam leitores de diversas idades. Entre os principais autores da atualidade, pode-se destacar Toni Morrison.

Essa escritora, professora e editora estadunidense recebeu o Prêmio Nobel de literatura em 1993, além do prêmio Pulitzer de Ficção pelo romance Amada, de 1987. Suas obras têm como temas recorrentes as questões de raça, luta e beleza feminina.

Cinema

Os Estados Unidos também são responsáveis por mais da metade dos filmes produzidos mundialmente. Hollywood é a terra do cinema e o lar dos aspirantes a atores e atrizes, vindos das diversas partes do país.

Esse prestígio começou a ser construído no início do século XX e teve o seu auge logo após a segunda guerra mundial. Nessa época, a produção cinematográfica teve um importante papel na disseminação dos costumes e da cultura americana para os países aliados.

american way of life foi tido como o modelo de felicidade para o país e para o mundo, e é considerado um dos mais influentes padrões sociais da história.

Televisão

Em intensa ascensão, a produção televisiva estadunidense alcança milhões de pessoas ao redor do mundo e a divulgação ainda é facilitada pelos novos aplicativos e plataformas. Um bom exemplo é a Netflix, que hoje é uma das principais produtoras de séries de ficção e possui mais de 10 milhões de títulos em seu acervo digital.

O sucesso das séries leva também à disseminação da cultura americana, que tem ditado novas tendências ao público.

No Brasil, os principais telespectadores são jovens de 16 a 38 anos. Essa influência pode ser traduzida no plano social, com a adoção de características das personagens, a utilização de uma linguagem influenciada pelos seriados famosos e a incorporação de ideias e costumes tipicamente americanos.

Essa assimilação do público tem estimulado produtoras brasileiras a desenvolver suas próprias séries. Entre as principais, podemos citar a Novelo Filmes, que já declarou a intenção de aproveitar o aquecimento do mercado e a legislação de cotas de programas nacionais na TV a cabo.

Toda essa produção no cinema, na literatura, na música e, atualmente, nas séries, atrai cada dia mais admiradores — inclusive nos países com costumes muito diferentes dos americanos. E você, consegue identificar quais aspectos da cultura americana fazem parte do seu dia a dia? Então, escreva para a gente nos comentários!