Powered by Rock Convert

Estimular o conhecimento das crianças de modo agradável e que desperte interesse nelas não é tarefa fácil para os pais. Ainda mais quando a atenção delas é disputada entre diversas outras formas de aprendizado e, principalmente, de entretenimento.

No entanto, é muito satisfatório ver os filhos, de maneira espontânea, reproduzindo algum comportamento que lhes tenha sido ensinado por palavras, diretamente, ou por exemplos pessoais vividos no cotidiano.

Atitudes de solidariedade, de bons modos, de generosidade e muitos outros comportamentos desse tipo, quando são praticados voluntariamente pelos pequenos, enchem de gozo o coração dos pais, e fortalecem a convicção deles de que a educação das suas crianças está caminhando na direção correta.

Então, para que situações como essas se tornem cada vez mais recorrentes em seu contexto familiar, preparamos este post com valiosas dicas de atividades que você pode desenvolver com seus filhos a fim de estimular o conhecimento deles. Confira!

1. Despertar a “vocação pedagoga” dos pais

Na hora de estimular o conhecimento dos filhos, papais e mamães, independentemente da formação ou profissão que já possuem, devem despertar em si seu lado pedagogo, ou seja, sua capacidade de agir em prol da educação das crianças de acordo com cada tipo de desenvolvimento necessário para o crescimento delas.

Para isso, entenda melhor os tipos de desenvolvimento infantil:

Desenvolvimento físico e motor

Esse tipo de desenvolvimento diz respeito às manifestações iniciais das crianças, isto é, às funções inatas que permitem o movimento e o deslocamento do corpo. Estão relacionadas ao desenvolvimento físico e motor das crianças condutas como pegar, chupar, comer, beber, engatinhar, andar, correr etc.

Desenvolvimento cognitivo

Sem adentrar em aspectos demasiadamente teóricos da esfera pedagógica, o desenvolvimento cognitivo — que remonta à teoria do psicólogo suíço Jean Piajet — trata do conjunto de habilidades mentais dos pequenos que permite que eles obtenham conhecimento sobre o mundo à sua volta.

Tais habilidades cognitivas se referem a comportamentos como atenção, linguagem, memória, criatividade, abstração, raciocínio, pensamento, criatividade, capacidade para resolver problemas entre outros.

Desenvolvimento emocional

Em linhas gerais, o desenvolvimento emocional infantil diz respeito à maneira como se manifestam as emoções das crianças, ou seja, seus sentimentos, paixões e desejos pessoais construídos involuntariamente em decorrência da sua interação com pessoas, coisas e situações diversas.

Desenvolvimento social

O desenvolvimento social consiste, essencialmente, no modo como os pequenos se relacionam com os demais — adultos e crianças. Em outras palavras, o desenvolvimento social diz respeito às atitudes das crianças diante das circunstâncias às quais elas são continuamente expostas durante o crescimento.

Sendo assim, a partir desse entendimento panorâmico sobre os tipos de desenvolvimento infantil, é possível apreender melhor as dicas de atividades para estímulo do conhecimento dos filhos apresentadas a seguir.

2. Estimular o conhecimento das crianças pelo estímulo à linguagem e à imaginação

A literatura é uma potente ferramenta para estimular o conhecimento dos filhos. Por isso, é muito sadio que os pais criem situações de leitura junto às crianças. Livros ilustrados, sem dúvida, tornam essa experiência ainda mais rica e eficiente do ponto de vista cognitivo.

Nesses momentos, é importante que os adultos leiam em voz alta para elas, e que, em determinados momentos, também peçam para que elas leiam em voz alta.

Após a leitura, é vantajoso que toda a história seja recapitulada por ambos, a fim de se aterem aos detalhes do enredo, e assim explorar a memória e a linguagem dos pequenos. Nesse momento, também podem ser feitas perguntas que conduzam as crianças à imaginação de outras cenas que não estão descritas no livro.

Além disso, podem ser debatidos os porquês dos eventos que acometeram um ou mais personagens; a razão das cores utilizadas nos desenhos; a descrição detalhada das cenas narradas na história; o significado mais amplo de determinados termos do texto etc.

Para esse tipo de atividade, são indicados livros que apresentem histórias que reflitam situações pouco complexas, mas que tenham sido plenamente resolvidas. Nesse sentido, podem ser escolhidas literaturas que abordem temas que valorizem o convívio social, tal como a fraternidade, o respeito às diferenças, a cooperação, entre outros temas dessa ordem.

3. Introduzir as crianças na aprendizagem musical

É muito comum que os pais, na intenção de introduzir os filhos no aprendizado de algum instrumento musical, os matriculem imediatamente numa escola de música. É certo que amparar o aprendizado musical da criança com conteúdo teórico tem muitos benefícios. No entanto, na fase inicial de contato com a amplitude da música, pode ser mais eficaz expor os pequenos primeiramente à audição musical.

A audição frequente de músicas bem elaboradas propicia às crianças uma preciosa inteligência musical, a qual é fundamental para o aprendizado de qualquer instrumento ou mesmo do canto. Essa compreensão inconsciente do universo da música está para o aprendizado de um instrumento como a imaginação está para a elaboração da fala.

Nesse sentido, apresentamos aqui algumas peças musicais curtas que contribuem perfeitamente para o desenvolvimento da audição musical da criança:

Um elemento em favor do desenvolvimento da audição musical das crianças presente nessas peças citadas é a exclusividade instrumental, ou seja, não há presença de canto nas peças. Esse fator faz com que a atenção dos pequenos ao ouvir fique concentrada apenas na audição dos múltiplos instrumentos.

Além disso, visando os mesmos objetivos, músicas desse tipo podem ser tocadas para as crianças em tom moderado durante momentos de leitura, ou, em tom quase inaudível, enquanto elas dormem.

4. Expor as crianças a situações de aprendizado de novos idiomas

Semelhantemente ao aprendizado musical, a exposição das crianças a situações informais de uso de língua estrangeira configura uma excelente maneira de estimular o conhecimento delas.

Como já falamos noutro artigo, é muito importante que os pais saibam como estimular os filhos a aprenderem outro idioma. Ainda que o adulto não tenha pleno domínio do idioma que está sendo aprendido pela criança, é possível que situações relacionadas à nova língua sejam criadas pelos pais para favorecer o aprendizado infantil.

Situações como nomear objetos, ouvir músicas infantis ou assistir desenhos animados em língua estrangeira contribuem positivamente para a compreensão na nova cultura.

Existem ainda jogos infantis elaborados especialmente para o aprendizado de outros idiomas — principalmente do inglês.

É muito importante, porém, que a exposição das crianças a tais situações de aprendizado ocorra sempre de forma divertida, de modo que elas não se sintam pressionadas a desenvolver uma nova habilidade. Por isso, o conteúdo selecionado pelos pais deve atender ao nível de conhecimento da criança.

Matriculá-las em cursos de idiomas também coopera fortemente com o estímulo de seu conhecimento. As atividades propostas pelas escolas de línguas ampliam a visão de mundo dos meninos e meninas, na medida em que os expõem a novas experiências que transcendem as experiências comuns vividas no contexto da língua materna.

Obviamente, as atividades descritas aqui não esgotam as inúmeras possibilidades para se estimular o conhecimento infantil. Também poderiam ser citadas atividades artísticas na sua expressão mais ampla — como teatro, artes plásticas, desenho em geral —, assim como atividades esportivas — como ginástica, dança, natação entre outras.

Entretanto, o que deve ficar claro a todos os pais e mães, que estão interessados em estimular o conhecimento de seus futuros herdeiros, é que cada tipo de desenvolvimento infantil deve ser explorado de forma estratégica, a fim de que as crianças incorporem gradativamente os ensinamentos necessários para seu pleno desenvolvimento.

A presença ativa dos pais nessas atividades, por sua vez, torna o momento ainda mais agradável aos pequenos, fortalece a relação familiar entre ambos e cria momentos memoráveis — às vezes para toda a vida da criança.

Vale lembrar que, no futuro, os pequenos de hoje também serão papais e mamães, e certamente tendem a reproduzir junto à próxima geração os comportamentos sadios a que foram tão amorosamente estimulados na infância.

Portanto, tenha isso em mente ao realizar qualquer atividade visando estimular o conhecimento de seu filho.

Agora, se você gostou deste conteúdo, siga-nos nas redes sociais para acompanhar nossas próximas atualizações! Estamos no Linked In, Google+, Twitter e Facebook

Powered by Rock Convert