Powered by Rock Convert

Com o avanço da tecnologia, crianças e adolescentes estão cada dia mais conectados à internet, o que acaba gerando uma grande preocupação nos pais, que começam a se questionar: Será que eu devo restringir o uso da internet? Como substituir o uso de aparelhos eletrônicos? 

Essas e outras dúvidas preocupam os pais que sentem dificuldade em lidar com a educação dos filhos. A boa notícia é que realizar uma atividade extraescolar pode ocupar o tempo das crianças de maneira sadia, além de ajudá-las a desenvolver habilidades que serão cobradas no futuro, como o conhecimento do idioma inglês, por exemplo.

Neste artigo você conhecerá um pouco mais sobre as atividades extraescolares e aprenderá a escolher a que mais se adapta ao perfil do seu filho. Está preparado? Vamos lá!

A importância da atividade extraescolar

Segundo estudos, crianças que realizam uma atividade extraescolar possuem melhor rendimento na vida estudantil, quando comparadas àquelas que não realizam esse tipo de atividade durante a sua rotina. Isso ocorre porque o senso de autonomia e responsabilidade desenvolvido nesse tipo de ocupação colabora para o aumento do desempenho da criança na vida escolar.

Além disso, a atividade extraescolar é de suma importância no desenvolvimento infantil, pois possibilita o progresso das habilidades motoras, cognitivas e sócio-afetivas. 

Uma criança que ainda é muito dependente dos pais, por exemplo, pode se tornar mais independente na medida em que tem contato com outras crianças. Assim, uma criança que tem problemas de sociabilidade, por conta da timidez, pode ser estimulada a se relacionar praticando atividades em grupo. 

A influência da atividade extraescolar no rendimento do aluno

Seu filho não está interessado na escola? Fique calmo, saiba que o desinteresse pela escola costuma surgir porque as crianças não conseguem compreender como o conteúdo que aprendem na escola pode ser usado em sua vida pessoal.

Em um artigo publicado na Revista Educação, Tania Zagury, professora da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), afirma que uma boa forma de fazer com que a criança desperte o interesse pela escola é a realização de uma atividade extraescolar, visto que esse tipo de atividade pode dar forma aos conteúdos que o aluno estuda na sala de aula.

Além disso, quando o aluno faz progressos nessas atividades, sua autoestima se eleva juntamente com sua autoconfiança, o que acaba refletindo em suas notas na escola.

Portanto, assim que a criança percebe que possui talentos que antes estavam escondidos, ela desenvolve uma visão positiva sobre si mesma. Isso acaba contribuindo positivamente para o seu crescimento pessoal, já que ela passa a se sentir capaz de vencer desafios. 

As principais categorias de atividades extraescolares

As atividades extraescolares podem ser divididas em três categorias: corporais, intelectuais e artísticas. Dentro de cada categoria é possível encontrar opções para todos os perfis de crianças:

  • corporais: dança, futebol e natação. Todas essas atividades potencializam o desenvolvimento motor e corporal. Estimulam o bom comportamento, o controle emocional, a disciplina e o trabalho em equipe. Além disso, são uma ótima forma de combater a obesidade infantil que vem se alastrando nos últimos anos. 

  • intelectuais: língua estrangeira, redação e leitura. As atividades intelectuais estimulam o desenvolvimento da memória e a criatividade. Enquanto a redação será melhor aproveitada quando a criança já for completamente alfabetizada, a apreensão de uma língua estrangeira é indicada para as crianças de todas as idades, pois auxilia na aprendizagem escolar como um todo. Aprender um novo idioma é uma das atividades que pode ser iniciada cedo, mais especificamente a partir dos 4 anos, quando o cérebro passa por um desenvolvimento acelerado e consolida rapidamente a absorção de novos idiomas. Nessa fase as crianças ainda não possuem o idioma nativo totalmente fixado, sendo mais flexíveis a assimilação de novos fonemas, sem sotaque, ao contrário de um adulto.

  • artísticas: música, desenho, pintura e teatro. As atividades artísticas variam bastante e tem como principal benefício a concentração. Elas podem ser introduzidas a partir dos 6 meses de vida de uma criança com a música. Mais tarde, aos 6 anos, outras atividades podem ser introduzidas, como o desenho, a pintura e o teatro, que é uma ótima atividade para o desenvolvimento social de uma criança. 

A atividade extraescolar ideal para o seu filho

Se você acompanhou a leitura desse post até aqui, provavelmente, você já está familiarizado com algumas das principais atividades extraescolares. Também  já deve estar convencido dos benefícios destas atividades no cotidiano infantil, não é mesmo? Diante de tantas atividades, como escolher apenas uma?

O primeiro passo neste momento é voltar aos exemplos descritos no tópico anterior e se atentar às atividades que mais combinam com a personalidade e as necessidades do seu filho. 

Contudo, lembre-se de que na hora de fazer a escolha é essencial considerar a vontade do seu filho, visto que a imposição de uma atividade com a qual o seu filho não se identifica pode fazer com que ele obtenha resultados contrários ao esperado.

O ambiente ideal para a realização da atividade extraescolar

Após realizar uma análise minuciosa sobre as atividades que seu filho pode exercer e combiná-las com a sua realidade financeira e a rotina do seu filho, você deve investigar as escolas que fornecem as atividades desejadas e examiná-las. 

Na hora da decisão, é necessário manter em mente que o momento dedicado a um afazer extra deve ser prazeroso, em vez de uma obrigação. Por isso, é imprescindível que o ambiente da atividade escolhida seja acolhedor para a criança. 

Sendo assim, na hora de escolher a escola mais adequada para o seu filho, leve em consideração o ambiente, a metodologia de ensino e o material usado durante as aulas. 

Dê preferência para as escolas que mostram estar aptas a receber o seu pequeno, com salas de aula adaptadas, equipamentos modernos e profissionais qualificados. Afinal, não existe nada melhor que saber que o nosso bem mais precioso está sendo bem assistido, não é mesmo?

E aí, nosso post te ajudou a entender um pouco mais sobre o universo da atividade extraescolar? Então, siga as nossas páginas nas redes sociais e fique por dentro de mais conteúdos como este: estamos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube!

Powered by Rock Convert