Powered by Rock Convert

Os especialistas são unânimes em dizer que, quanto mais cedo se aprende um idioma, mais fácil será para dominá-lo. No entanto, isso não significa que o aprendizado também não possa ocorrer de maneira eficiente na vida adulta. Há diversas opções de curso de inglês para jovens com formato apropriado para as necessidades desse público.

Seja para começar a aprender inglês, seja para se aprofundar na língua estrangeira com objetivos profissionais, a escolha do curso deve ser feita de acordo com os seus propósitos. Ser fluente no idioma aumenta as suas conexões e oportunidades, além de permitir que você crie as suas próprias possibilidades.

Quer entender como funciona esse processo de aprendizagem? Confira, abaixo, como é estruturado o curso de inglês para os jovens!

Metodologia adotada para adultos

O contato com uma nova língua deve acontecer de forma tão natural quanto aprender a falar. Porém, é preciso ter em mente que dominar o inglês não quer dizer ter uma coleção de frases prontas para usar em suas conversas — é necessário conseguir desenvolver raciocínios, acompanhar uma reunião e saber comunicar-se com clareza. Por isso, o método de ensino de inglês para adultos deve ser capaz de preparar o aluno para qualquer circunstância.

Cientes dessa necessidade, muitas escolas de inglês utilizam a metodologia Comunicativa, que foi desenvolvida na década de 1970, e é a abordagem adotada pelos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN). As aulas se baseiam em situações que estão relacionadas à realidade sociocultural do estudante.

O objetivo é permitir que o idioma seja aprendido no contexto em que ele realmente é utilizado, trazendo, para dentro da sala de aula, situações que são vivenciadas cotidianamente em casa, no restaurante ou por telefone. Assim, o aluno tem a oportunidade de se comunicar e trocar experiências com os seus colegas, explorando o seu repertório constantemente.

Para ensinar verbos no passado, o professor pode fazer perguntas sobre o que você fez nas suas férias, por exemplo. Com isso, é possível aplicar a língua no seu dia a dia. A abordagem também se preocupa em trabalhar as habilidades de escrita, leitura e compreensão, estimulando a reflexão dos conteúdos estudados.

Melhor forma de aprendizado

São muitas as opções e formatos de cursos de inglês disponíveis no mercado. Para escolher a melhor forma de aprendizado, é preciso levar em conta as suas características e necessidades. Para quem quer acelerar a sua aprendizagem, o ideal é optar por cursos de carga horária integral, que podem ser particulares — o que lhe permite receber atenção exclusiva do professor para sanar todas as suas dúvidas.

Já para os jovens que não têm tanta urgência, a melhor alternativa são os cursos tradicionais em grupo, que possibilitam a prática do idioma e a troca de experiências. Dê preferência para as escolas que oferecem aulas dinâmicas com vídeos, músicas, salas preparadas com multimídia e demais materiais didáticos que ampliem o seu acesso à língua e, consequentemente, o nível de conhecimento.

Dicas para dominar o inglês

Sem dúvidas, o curso de inglês é muito importante para a sua aprendizagem. Contudo, as atividades realizadas fora da escola também são indispensáveis para aprimorar o que se aprende em sala de aula. Acompanhe, a seguir, como se aperfeiçoar no idioma:

Respeite o seu nível de inglês

A maioria das escolas de inglês oferece um teste de nivelamento para identificar o quanto o aluno conhece sobre a língua e inseri-lo no nível básico, intermediário ou avançado. Mesmo que você já tenha tido contato com o idioma, é recomendado respeitar o seu nível de conhecimento, do contrário, está correndo o risco de pular conteúdos relevantes para a sua formação.

Portanto, não deixe de fazer a avaliação on-line ou presencial para que seja possível reconhecer a partir de que etapa você deve iniciar os seus estudos e garantir que o curso compreenda todos os seus objetivos.

Treine a sua pronúncia e ritmo de fala

A escrita, a leitura e a compreensão auditiva são habilidades naturalmente exploradas na sala de aula. Porém, para melhorar a comunicação e ser fluente, é preciso treinar a sua pronúncia e ritmo de fala — uma das principais dificuldades dos alunos, visto que não é incomum encontrar pessoas que finalizaram o curso de inglês, mas não conseguem falar com fluência.

Muitos estudantes ficam inibidos na hora de ler em voz alta ou conversar por medo de errar a pronúncia em público. A língua inglesa tem muitos sons que não fazem parte da nossa fonética nativa. Sendo assim, é imprescindível dedicar-se a essa prática.

Para trabalhar essa habilidade, você pode ouvir e ler simultaneamente notícias, letras de músicas ou audiobooks. Com esse treino, torna-se mais fácil identificar e associar a palavra escrita à sua pronúncia e à entonação aplicada em frase. Procure expressar, em voz alta, as suas opiniões sobre temas que fazem parte do seu mercado de trabalho ou simule conversas que você precisa ter no âmbito acadêmico.

Além disso, também é essencial valorizar os aspectos paralinguísticos, pois a comunicação verbal sempre está acompanhada de aspectos não verbais que proporcionam uma interação mais natural e eficiente, como ritmo de fala, tom de voz e volume utilizado. Ao prestar mais atenção a esses fatores, você poderá descobrir quais são as suas deficiências e agir para melhorá-las.

Assista a séries e filmes em inglês

Leve o inglês para o seu dia a dia assistindo a séries e filmes para acostumar o seu ouvido com o novo idioma. Comece colocando legenda em português para reconhecer o vocabulário. Conforme for avançando nos seus estudos, altere-a para inglês para ter um apoio, caso não entenda o que ouvir, até que você consiga compreender todo o conteúdo sem esse auxílio.

Como esse processo é uma novidade para você, recomenda-se assistir a episódios de séries e filmes que já viu. Dessa forma, a sua preocupação ficará menos voltada para entender o enredo e mais focada em compreender o idioma.

Use aplicativos de celular e a Internet como aliados

O celular está cada vez mais presente na vida das pessoas, então, por que não usá-lo para estudar inglês? Hoje em dia, a Internet e as appstores disponibilizam diversas alternativas, tanto gratuitas quanto pagas, para aperfeiçoar o seu aprendizado. Há opções para todos os gostos, que vão desde Cambridge English FC para quem gosta de futebol até o Cambly para aqueles que preferem aprender interagindo com falantes nativos.

Os seus estudos podem ser mais divertidos por meio das redes sociais. Participe de grupos fechados, nos quais os membros de vários países trocam figurinhas sobre filmes, séries, videogames, hobbies e músicas, por exemplo. A partir dessa atividade simples, você treina a sua escrita com base em termos regionais e gírias, além de conquistar amigos internacionais.

Com a escolha certa do curso de inglês para jovens e muita dedicação, é possível aprender e desenvolver todas as habilidades de que você precisa para ser fluente na língua e desbravar o mundo sem nenhuma dificuldade.

Quer estudar a língua inglesa? Entre em contato com o ICBEU e conheça o nosso curso de inglês!

Powered by Rock Convert